"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (494290 votos)..........95.68% das questões objetivas receberam votos.
Em relação às doenças intestinais inflamatórias, podemos afirmar:
A. a evolução da colangite esclerosante tem íntima relação com atividade de doença intestinal
B. a espondilite é mais freqüentemente associada à doença de Crohn
C. o transplante de fígado deve ser indicado em pacientes com pericolangite
D. a esteatose hepática tem como causa a desnutrição e uso de glicocorticóide
E. a colite granulomatosa não tem associação com câncer colorretal

  RATING: 3.04

Em relação às doenças intestinais inflamatórias, podemos afirmar:

A. a evolução da colangite esclerosante tem íntima relação com atividade de doença intestinal
INCORRETO: Cerca de 1 a 5% dos pacientes com doença intestinal inflamatória (DII) tem CEP e por volta de 50 a 75% dos indivíduos com CEP são portadores de DII. A evolução da CEP não guarda relação com atividade de DII
B. a espondilite é mais freqüentemente associada à doença de Crohn
INCORRETO : Embora a artrite periférica esteja mais associada à doença de Crohn, a espondilite é manifestação mais freqüentemente relacionada à retocolite ulcerativa idiopática
C. o transplante de fígado deve ser indicado em pacientes com pericolangite
INCORRETO : A pericolangite é uma alteração benigna de pequenos ductos biliares também mais observada na RCU; por ser uma desordem de evolução favorável, não existe necessidade de se indicar o transplante hepático
D. a esteatose hepática tem como causa a desnutrição e uso de glicocorticóide
CORRETO : A esteatose hepática pode ser encontrada em até metade dos pacientes com DII, sendo resultado de desnutrição, doença debilitante e efeito da terapia com glicocorticoides. As manifestações clínicas e laboratoriais são hepatomegalia e discreta elevação das aminotransferases e fosfatase alcalina.
E. a colite granulomatosa não tem associação com câncer colorretal
INCORRETO : Um conceito importante: tanto a RCUI como o acometimento colônico pela doença de Crohn (colite granulomatosa) são fatores de risco consagrados para o adenocarcinoma colorretal

Gabarito:  D

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.04)
DISCURSIVA: (97281 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
1) Definam a colostroterapia e a utilidade dela. (0,25 pontos)
2) Descrevam a técnica de colostroterapia. (0,25 pontos)

RATING: 3.06

1) Definam a colostroterapia e a utilidade dela. (0,25 pontos)
2) Descrevam a técnica de colostroterapia. (0,25 pontos)

1) Definam a colostroterapia e a utilidade dela.
Consiste na instilação orofaríngea (0,05 p) de gotas de colostro fresco da própria mãe (0,05 p) para o recém-nascido 4 vezes ao dia (0,05 p) pelo mínimo de 48 horas. (0,05 p)
Utiliza-se para prevenção da enterocolite necrotizante (0,025 p) em recém nascidos com alto risco (0,0125 p)e que não podem ser alimentados com dieta enteral (0,0125 p)

2) Descrevam a técnica de colostroterapia.
Deve ser iniciada nas primeiras 4 a 6 h de vida (0,05 p), usando de 0,2 a 0,4 ml (7 a 14 gotas) (0,05 p) de colostro fresco ou refrigerado (0,05 p), administrado na orofaringe (0,05 p)a cada 2-3 h/dia, por 48 h (0,05 p).

FONTE:
MISODOR.COM - ENTEROCOLITE NECROTIZANTE

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.06)

CASO CLINICO: (103498 votos)..........99.33% dos casos clinicos receberam votos.

(I) A mãe de um recém-nascido vem para a primeira consulta médica e parece muito cansada. Quais perguntas você vai fazer? (0,25 pontos)

(II) Enumeram cinco fatores de risco identificados para a síndrome de morte súbita do lactente. (0,25 pontos)




RATING: 3.19

(I) A mãe de um recém-nascido vem para a primeira consulta médica e parece muito cansada. Quais perguntas você vai fazer?
O rastreamento da depressão pós-parto é uma parte importante da consulta do recém-nascido. A maioria das mulheres experimentar alguma forma de “baby blues” durante o período pós-parto. No entanto, 10% das mulheres experimentar a verdadeira depressão. O clínico deve perguntar sobre:

  • hábitos de sono (0,05 p)
  • alimentação da mãe (0,05 p)
  • humor e emoções (0,05 p)
  • sistema de suporte disponível (0,05 p)
  • histórico de depressão (0,05 p)

(II) Enumeram cinco fatores de risco identificados para a síndrome de morte súbita do lactente. (0,05 p para cada um dos maximo 5 relatados corretamente da lista, não importando a ordem)

  • sexo masculino
  • prematuridade
  • baixo peso ao nascer,
  • afro-americano
  • índio americano/Alasca
  • uso de drogas durante a gravidez
  • dormir de bruços
  • colchões macios
  • superaquecimento
  • exposição à fumaça
  • irmão que morreu de SMSI
  • doença recente
  • 2 e 4 meses de idade
  • meses de inverno

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.19)

 

1450 USUARIOS INSCRITOS

296 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

726 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
8564 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

2091 DE CLINICA, 3763 DE PEDIATRIA, 1358 DE CIRURGIA, 364 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 738 DE SAUDE PUBLICA
124 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 150 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2021.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.