"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (494287 votos)..........95.68% das questões objetivas receberam votos.
Jovem de 19 anos apresenta dor abdominal em cólica e diarreia aquosa. Nesses últimos três dias a diarreia vem se agravando.
Não tem nenhuma história clínica pregressa e sentiu-se bem durante toda a viagem. É solicitado um exame de fezes que revela pequenos cistos contendo quatro núcleos.
O imunoensaio para antígeno fecal é positivo para Giardia spp.
Qual é o esquema de tratamento recomendado para esse paciente?
A. Albendazol
B. Clindamicina
C. A giardíase é autolimitada e não necessita de antibioticoterapia
D. Paromomicina
E. Tinidazol

  RATING: 2

Jovem de 19 anos apresenta dor abdominal em cólica e diarreia aquosa. Nesses últimos três dias a diarreia vem se agravando.
Não tem nenhuma história clínica pregressa e sentiu-se bem durante toda a viagem. É solicitado um exame de fezes que revela pequenos cistos contendo quatro núcleos.
O imunoensaio para antígeno fecal é positivo para Giardia spp.
Qual é o esquema de tratamento recomendado para esse paciente?

A. Albendazol
INCORRETO: A clindamicina e o albendazol não desempenham nenhum papel no tratamento da giardíase.
B. Clindamicina
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
C. A giardíase é autolimitada e não necessita de antibioticoterapia
INCORRETO : A giardíase pode persistir em pacientes sintomáticos e deve ser tratada.
D. Paromomicina
INCORRETO : A paromomicina, um aminoglicosídeo oral pouco absorvido, pode ser usada para pacientes sintomáticas durante gravidez, porém sua eficácia na erradicação da infecção não é conhecida.
E. Tinidazol
CORRETO : A giardíase é diagnosticada pela detecção de antígenos do parasito mas fezes ou pela identificação de cistos ou trofozoítos nas fezes ou no intestino delgado. Não existe nenhum teste sorológico confiável para essa doença. Como há uma ampla variedade de patógenos responsáveis pela doença diarreica, é necessário efetuar outros exames complementares além da anamnese e do exame físico para estabelecer o diagnóstico definitivo. A colonoscopia não desempenha nenhum papel no diagnóstico da infecção por Giardia. Nos casos prolongados, pode haver sintomas graves, como má absorção, perda de peso, retardo do crescimento desidratação. Além disso, as manifestações extra intestinais, como urticária, uveíte anterior e artrite, têm sido associadas à giardiase potencial. O tinidazol oral, em dose única de 2 g, demonstrou ser mais efetivo que um ciclo de cinco dias de metronidazol, com taxas de cura acima de 90% com ambos os fármacos. A doença refratária com infecção persistente pode ser tratada com um ciclo de metronidazol de maior duração.

Gabarito:  E

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2)
DISCURSIVA: (97279 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
1) Definição do pectus excavatum (0,125 pontos), pectus carinatum (0,125 pontos).

2) Definição da síndrome de Poland. (0,25 pontos)

RATING: 2.93

1) Definição do pectus excavatum (0,125 pontos), pectus carinatum (0,125 pontos).

2) Definição da síndrome de Poland. (0,25 pontos)

1) O pectus excavatum provém de umcrescimento desequilibrado ou excessivo das cartilagens costais inferiores, causando umadepressão esternal posterior. (0,125 p)

O pectus carinatum (também chamado de peito-de-pombo) é caracterizado por uma deformidade com protrusão anterior do esterno e das cartilagens costais. (0,125 p)

2) A síndrome de Poland é uma doença rara, não-familiar, de causa desconhecida, que ocorre em 1 a cada 30.000 nascimentos. Os componentes da síndrome incluem:

  • a ausência do músculo peitoral maior,
  • a ausência ou a hipoplasia do músculo peitoral menor,
  • a ausência das cartilagens costais
  • hipoplasia das mamas e do tecido subcutâneo (inclusive do complexo mamilar) e uma variedade de anomalias das mãos.

FONTE:
http://www.misodor.com.br/PAREDETORACICAEPLEURA.html

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.93)

CASO CLINICO: (103496 votos)..........99.33% dos casos clinicos receberam votos.
Paciente de 19 anos de idade foi admitida com severa crise de asma brônquica. Algumas horas mais tarde, referiu dor retroesternal irradiada pelos ombros. A dor estava agravada pela deglutição e mudança de posição.
O exame físico revelou edema cervical e de parede anterior do tórax. Na apalpação, crepitações configuravam a enfisema subcutânea, ocorrendo dor ao comprimir no nível do cricoide. O exame do aparelho respiratório mostrava diminuição difusa de murmúrio vesicular, associado ao sibilos respiratórios. Não havia estridor. A paciente estava afebril, normotenso, com pulso regulado taquicárdico (124 bpm), e frequência respiratória elevada (32 irpm). O Rx está abaixo:

1) Quais são as principais modificações nesse Rx? (0,375 pontos)
2) Qual é a principal suspeita diagnóstica? (0,125 pontos)


RATING: 3.04

1) Quais são as principais modificações nesse Rx?

  • Intenso enfisema subcutâneo (setas curvas) (0,125 p)
  • Pleura mediastinal desviada lateralmente, apresentando-se como uma linha fina ao longo do mediastino (0,125 p)
  • Hipertransparencia pulmonar bilateral (0,125 p)

2) Qual é a principal suspeita diagnóstica?

RESPOSTA: Pneumomediastino  (0,125 p)
O pneumomediastino consiste na presença de ar ou outro gás no mediastino. Ele é raro em adultos, sendo mais comum em recém-natos. Em adultos ocorre principalmente em homens, durante a segunda e terceira décadas, constituindo-se em um achado pouco comum na asma. Os sinais e sintomas dependem da quantidade de ar nos espaços mediastinais. Os achados clínicos mais freqüentes são:

a) dor súbita retroesternal irradiada para o pescoço, para trás e para os ombros; 
b) dispnéia com ou sem cianose
c) enfisema subcutâneo 
d) disfagia. 

À ausculta detecta-se o chamado sinal de Hamman – presença de crepitações grosseiras sincronizadas com os batimentos cardíacos e não com o ciclo respiratório. O sinal de Hamman é mais evidente com o paciente em decúbito lateral direito.

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.04)

 

1450 USUARIOS INSCRITOS

296 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

726 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
8564 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

2091 DE CLINICA, 3763 DE PEDIATRIA, 1358 DE CIRURGIA, 364 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 738 DE SAUDE PUBLICA
124 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 150 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2021.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.