"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (494287 votos)..........95.68% das questões objetivas receberam votos.
O uso de isoxsuprina para inibir o parto prematuro e limitado pelo/pela:
A. absorção baixa
B. ineficiência se o trabalho de parto já começou
C. alto percentagem de gravidas que apresentam tolerãncia baixa a este remédio
D. alta toxicidade se for associado com corticoterapia necessaria á maturação do pulmão fetal
E. alto preço de custo

  RATING: 2.91

O uso de isoxsuprina para inibir o parto prematuro e limitado pelo/pela:

A. absorção baixa
CORRETO: Isoxsuprina (inibina), de fato, e um beta-1 agonisto, não seletivo. Os efeitos colaterais são muito importantes. Apesar de necessitar uma dose bem alta (a absorção e baixa).
B. ineficiência se o trabalho de parto já começou
INCORRETO :
C. alto percentagem de gravidas que apresentam tolerãncia baixa a este remédio
INCORRETO :
D. alta toxicidade se for associado com corticoterapia necessaria á maturação do pulmão fetal
INCORRETO :
E. alto preço de custo
INCORRETO :

Gabarito:  A

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.91)
DISCURSIVA: (97279 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
Cite as alterações de cinco dos principais parâmetros clínicos ou laboratoriais que classificam uma pré-eclâmpsia como grave. (Valor: 5,0 pontos)

RATING: 3.62

Cite as alterações de cinco dos principais parâmetros clínicos ou laboratoriais que classificam uma pré-eclâmpsia como grave. (Valor: 5,0 pontos)

São apresentados abaixo os principais parâmetros que classificam uma pré-eclâmpsia como grave, dos quais o candidato deverá citar cinco (0,1 pontos cada um)
- Pressão arterial igual ou maior que 160/110 Hg
- Proteinúria igual ou maior que 2 gramas em 24 horas. (Aceita-se 5g/24h)
- Creatinina sérica acima de 1,2 mg/dL
- Plaquetas abaixo de 100.000/mm
- Enzimas hepáticas elevadas ou TGO e TGP elevadas
- Presença de CIUR
- Cefaleia persistente
- Distúrbios visuais
- Oligúria

FONTE:
PROVA DE REVALIDAÇÃO U. F. M. T. 2011

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.62)

CASO CLINICO: (103496 votos)..........99.33% dos casos clinicos receberam votos.
Criança de 2 anos, F, conhecida como cardiopata (mãe traz uma alta aonde consta que a paciente sofreu uma cirurgia Jatene com duas semanas de vida) da entrada no PS com dispneia, taquipneia (67/min), mau estar geral. Foi instituida rapidamente ventilação com máscara náo-reinalante com O2 100% e estabelecido accesso venoso. A saturação, que na entrada estava 86% melhorou para 90% mas a criança ainda apresenta cianose, uso da musculatura respiratoria acessoria e leve agitação. Foi medida uma FC de 144/minuto, Dextro 88 mg%. PA 80/50 mm Hg, tempo de enchimento capilar 3 segundos. Quinze minutos depois da coleta dos exames a criança entra em apneia, seguida de parada cardiorrespiratoria. No monitor - sem atividade eletrica.
1) Qual é a primeira medida a ser instituida neste momento? 0,375 pontos
2) Considerando os antecedentes cirurgicos da criança, qual é a cardiopatia congênita que foi corrigida? 0.0625 pontos
3) Qual é o diagnóstico da emergência que provavelmente causou a parada? 0,0625 pontos


RATING: 3

1) Estamos na frente dupa parada cardiorrespiratoria, dentro dum hospital. Precisamente é uma assistola . A primeira medida a ser feita neste momento é instituir imediatamente as compressões cardíacas/ventilações (0,0625 p) (15 compressões:2 ventilações) (0,0625 p) cada compressão devendo descer para 1/3 do diametro anteroposterior (0,0625 p) do torax, esperando o retorno total do torax após cada compressão (0,0625 p), com uma frequência de 100-120/minuto (0,0625 p). Ás ventilações tem que ser aplicadas em menos de 10 segundos (0,0625 p).
2) O procedimento de troca arterial (Jatene) é o tratamento cirúrgico de escolha para os neonatos com d-TGA e septo interventricular intacto. (0,0625 p)
3) Considerando o historico cardiovascular da paciente, a taquicardia accentuata, o tempo de enchimento capilar prolongado e o esforço respiratorio podemos suspeitar de choque cardiogênico como provável causa da parada. (0,0625 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3)

 

1450 USUARIOS INSCRITOS

296 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

726 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
8564 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

2091 DE CLINICA, 3763 DE PEDIATRIA, 1358 DE CIRURGIA, 364 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 738 DE SAUDE PUBLICA
124 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 150 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2021.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.